Anitta eleita a Mulher do Ano no Brasil. Será que merece?

859

Anitta, uma cantora brasileira, conhecida no mundo inteiro e um sucesso também nas redes, onde figura entre as personalidades com mais seguidores mundiais, acaba de receber o título de Mulher do Ano no Brasil.

Que ela faz sucesso, isso não temos dúvidas. Se canta ou não (muitos dizem que esse não é seu forte) aí já são outros quinhentos. Que tem um senso de oportunidade e sabe estar na hora e no lugar certos, também sabemos que é um dom da cantora. Não vou me alongar sobre a história dela, para saber mais, basta ir à Internet. A questão aqui é outra.

Quando o nome de Anitta foi anunciando como o vencedor, numa honraria conferida pela mídia brasileira, através de uma revista, mas não só dela, o Brasil bradou em coro que não é Anitta a mulher do ano. Sabe quem é???

É Helley de Abreu Silva Batista, 43, uma desconhecida professora da cidade mineira de Janaúba, distante mais de 500 km da capital Belo Horizonte, que salvou a vida de 25 dos seus pequenos alunos.

Em outubro, o vigilante da escola onde a mãe de três filhos (incluindo um bebê de pouco mais de um ano) decidiu trancar toca a escola e botar fogo no prédio com ele, Helley e todos os alunos dentro. Ela, num ato de generosidade, coragem e altruísmo só pensou nas crianças.

Salvou as 25, mas teve mais de 90% do corpo queimado e não resistiu. Por causa de Helley – e somente por sua coragem – 25 crianças ainda estão vivas. 25 famílias ainda têm seus filhos e não estão despedaçadas pela perda de um filho.

Quem sabe eles (e boa parte dos brasileiros que não concordam com a honraria oferecida a Anitta) escolham, mesmo que de forma não oficial Helley como a mulher do ano de 2017 no Brasil.

Ah! E a Anitta? Bom, ela gravou com Pablo Vittar e outras celebridades.

Por: Leonardo Abrantes, jornalista